Santos Sempre Santos!

Estou praticamente uma semana sem postar conteúdo só observando os bastidores do que está acontecendo no Peixe.

Vamos lá aos comentários que eu tenho sobre cada caso.

Resultados do Santos no Campeonato Brasileiro

Bom, primeiramente vamos começar comentando sobre os recentes resultados da equipe no Brasileirão e também da forma como a equipe vem jogando.

Contra o Palmeiras, eu vi um time jogando com mais vontade, força e garra do que técnica e futebol bem jogado. Para mim, era o que mais faltava no time e acredito que foi isso que o Levir trabalhou com o grupo. Mais importante do que a forma como jogamos foi o resultado positivo. Dessa forma nem quero polemizar se foi falta ou não no momento do gol, apesar de acreditar que o lance foi normal.

Já no duelo contra a Ponte, tivemos um Pacaembu com público razoável apesar do feriado. O time esteve inseguro em alguns momentos da partida, mas não tomamos gol. No segundo tempo, tivemos mais atitude e atacamos o tempo todo buscando o gol. Apesar do empate, vejo uma evolução no modo como jogamos, com mais objetividade e querendo fazer o gol apesar das falhas de finalização.  Veremos agora contra o Vitória se o time mantém esta pegada.

Acredito que a mudança foi acertada e estamos evoluindo como devemos.

Libertadores…

Pegaremos o Atlético/PR e no meu modo de ver acabou sendo um bom adversário. Apesar de viver uma má fase no brasileiro, o time não é ruim e vai dar trabalho. Vale lembrar que apesar da vitória por 2×0 no brasileiro, acabamos sofrendo dois gols. Sorte a nossa que estavam impedidos, então vale ligar o alerta para a Libertadores.

Como é um time conhecido, acredito que a estratégia será trazer um bom resultado de Curitiba(ou onde for o jogo) e decidirmos em casa. Temos tudo para passar de fase!

Lucas Lima…

Muita especulação sobre o futuro do nosso maestro. Acho extremamente injusta as cobranças para cima do Lucas, principalmente porque vem demonstrando um bom futebol. Ele acabou de voltar de contusão e definitivamente sente o ritmo de jogo na partida.

Vejo que ele tem todo o direito de escolher onde quer jogar. O Santos fez uma baita proposta e se ele não aceitar, bola pra frente. Fizemos um péssimo contrato no passado e isso interfere no nosso futuro. Mesmo se ele estiver de saída, não concordo em barrar o jogador só por birra. Estamos pagando salários e é o melhor a posição, então tem que por pra jogar!

Rodrygo e outros atletas da base…

Essa semana circulou a notícia de que o Santos estaria barrando o atleta devido a influência de empresários para firmarmos o primeiro contrato profissional.

Bom, eu só posso opinar com as informações que eu vejo por ai, então eu acredito que isto é um baita erro. Com o Rodrygo e os demais atletas. De maneira alguma acho que devemos ser reféns e pagar tudo que eles pedem, até porque são atletas em formação e não ganharam nada ainda pelo clube. Claro que deve existir um esforço para manter o jogador, até porque foi o Santos que deu toda a base para ele evoluir seu futebol e perder um investimento assim não é bom negócio.

Os atletas também tem que cair na real de que ainda são promessas e primeiro se preocupar em demonstrar um grande futebol para depois exigir grandes quantias. Nada mais justo para ambos os lados!

Geuvânio…

O caveirinha arrumou as malas e achou um novo lar. Foi apresentado hoje pelo Flamengo e deve jogar por lá mesmo. Na minha visão, essa cláusula de exclusividade do Santos não vai dar em nada e o atleta deve atuar por eles. O que me frusta é que o Santos não pareceu demonstrar nenhum interesse na contratação, mesmo tendo a exclusividade.

Vi uma declaração do Modesto falando que não ia se posicionar se o atleta também não demonstrasse interesse. Oras, nesta caso eu acho que era o Santos que deveria ter corrido atrás.

Mas bola pra frente…

Por hoje é só! Vamos acompanhar hoje mais um jogo do Peixe. Aliás, aproveitando a deixa, acho que a torcida poderia pegar mais leve com o Vitor Bueno. O menino já demonstrou que tem potencial. Deixa ele jogar!

Até mais nação!

Abraços!

Bem vindo Levir Culpi!

Tem comandante novo na área!

Quando o Levir Culpi era cotado para assumir o Santos, o clube se encontrava em um momento muito dificil! E o que poderia ser uma enorme pressão ao assumir o Santos, hoje pega um clube que reencontrou o caminho das vitórias com um ambiente muito mais leve!

Acredito que o Levir possa fazer um ótimo trabalho e está na hora dele ter grandes conquistas no curriculo. Time o Santos tem e está disputando todos os grandes campeonatos!

E o que falar do nosso interino Elano?

Pegou o time numa fogueira, fez o simples e vai entregar a equipe em boas condições. No primeiro jogo foi sofrido com uma vitória em gol de falta aos 50′ do segundo tempo. Pouco? Sim! Mas diante de todas as circunstancias, o que valia era a vitória, como o próprio Elano disse!

Já no segundo jogo pudemos ver um time bem mais leve no primeiro tempo, com contra ataques mortais como nos bons tempos de 2015. Ainda que no segundo tempo tenha acabado o apetite por mais um gol, eu até entendo o posicionamento do Elano pra querer segurar o time ganhando de 2×0.

Na minha visão, foram vários pontos positivos nesta mudança:

  • Contra ataques rápidos e funcionando bem com a participação do BH e Kaique;
  • Participação de Thiago Maia no ataque, como elemento surpresa(Com certeza o Levir deve aproveitar mais essas investidas)
  • Daniel Guedes, apesar da expulsão e da falta de ritmo de jogo, mostrou que pode até brigar por posição com o Victor Ferraz. Achei uma boa surpresa para o elenco.
  • Alison, outro que voltou a aparecer, acho que tem muito mais potencial que o Leandro Donizete. Se é pra marcar firme, deve ser mais utilizado.
  • Renato, muitas vezes jogando entre os zagueiros, foi fundamental para iniciar a saída de bola com qualidade. Peca no desarme e marcação, mas com a bola no pé não tem substituto.

Apesar do Levir assumir o time já com um clássico pela frente, ele ganha um baita reforço no meio campo. Lucas Lima está recuperado e com ele temos outra dinamica no time. Se deixar o time jogar com velocidade, como no primeiro tempo contra o Atlético, acredito que vamos voltar a apresentar um grande futebol, de muitos gols!

Uma boa sorte ao Levir, que seja bem vindo!

E uma ótima semana a todos!

E agora?

Cai Dorival Jr, e agora?

Fala nação santista, Fer por aqui.

Depois de uma pixotada no sábado, Dorival Jr não é mais o técnico do Peixe. Apesar dos quase 65% de aproveitamentos nos últimos dois anos, a razão da demissão na minha visão é bem simples.

Momento do time!

Vejo o futebol como um todo como “momento”, ou seja, apesar do ótimo aproveitamento no geral, esse ano não vem correspondendo a altura. Fato é que esta temporada o Santos não conseguiu repetir o bom futebol do ano passado em sequer uma partida em 2017.

O elenco foi mantido e chegaram peças de reposição que não tínhamos ano passado. Dorival pediu tempo para acertar o time e mostrar que estávamos evoluindo. A verdade é que já estamos no meio do ano e não houve evolução nenhuma. Começamos o ano querendo inovar na forma de jogar e só perdemos mais tempo.

O tempo foi dado e não foi aproveitado, simples assim. Atualmente, sabemos que o que impera é o imediatismo. E mesmo apoiando a continuidade de um trabalho, se o mesmo não demonstra evolução não há o que fazer. Cabe a nós pensarmos onde queremos estar daqui 6 meses. Com toda certeza, não imaginávamos passar por esta fase, 6 meses após o início do ano. Dessa forma já podemos analisar o trabalho feito até agora e de onde podemos estar no final do ano.

Toda vez que enfrentamos um time mais difícil, nós tivemos muita dificuldade. Até mesmo na Vila estávamos covardes e sem iniciativa. Para mim, DJR errou na teimosia. Se estava claro que algumas coisas não estavam dando certo, porque continuar insistindo?

No Paulista, perdemos para SP, Palmeiras e Ferroviária na Vila, empatamos com Ituano e ainda perdemos fora para Corinthians e Ponte Preta, ou seja, as vitórias vieram contra times medianos e fracos técnicamente(era obrigação vencer).

Na libertadores estamos invictos, porém empatamos contra o fraquíssimo Sporting Cristal e sofremos para derrotar em casa o Santa Fe e Strongest(com 1 a menos). Ai sim, da pra valorizar a entrega no jogo na altitude com 1 a menos e mesmo assim arrancar o empate. Mas é pouco, muito pouco.

No Brasileirão, perdemos diante de Fluminense, Cruzeiro e Corinthians e ainda empatamos contra Coritiba naquele jogo onde o Vanderlei teve atuação impecável e pegou até pensamento. Facilmente poderíamos ter pedido aquele jogo. Sei que foram jogos complicados contra equipes fortes, mas para o nível do Santos é muito pouco.

Por estes motivos, acredito que a mudança era necessária. Agora, não adianta inventar muito. Nem com Elano de técnico, muito menos testando opções como Oswaldo, Claudinei, Gilson Kleina, Fernando Diniz e Dunga, por exemplo.

Para mim, as opções mais sensatas no momento seriam entre Levir Culpi e Marcelo Oliveira.

Update* Acabei de ver uma noticia que o Santos segue interessado no Levir Culpi como primeira opção.

E você torcedor santista, quem você quer ver no comando técnico?